Fabricio.adm.br Apresentação pessoal e currículo Artigos, poemas, textos diversos de minha autoria Fotos de alunos, ex-alunos e pessoais Apostilas, exercícios, trabalhos e demais materiais para uso em sala de aula Livros, filmes, acessórios e produtos tecnológicos para Administradores Vídeo aulas, podcast, dinâmicas gravadas, etc. Cursos rápidos e gratuitos para desenvolvimento de habilidades gerenciais Cadastro para alunos, com o objetivo de informá-los sobre a disponibilização de material didático a ser trabalhado em sala Página inicial

Desbravando as Fronteiras do Espaço-Tempo

Siga-me
Blog
Blog
Twitter
Twitter
Orkut
Orkut
YouTube
YouTube
Compartilhe
Compartilhe

Li em algum lugar que tudo começou com o Big Bang. Mas o que havia antes? O Universo não teve um início. Do mesmo modo, também não terá um fim, pois se idealizássemos um fim, o que haveria depois? Na pior das hipóteses ele seria completamente diferente do que conhecemos, mas haveria alguma coisa, nem que fosse o nada, o vazio.

Não existe um fim.

Tanto o espaço quanto o tempo são infinitos, e o que são os míseros oitenta ou cento e poucos anos que o homem consegue viver diante de grandezas de tal magnitude?

Assim sendo, o que são nossos problemas se comparados à vastidão do espaço-tempo?

Por piores que sejam nossos sofrimentos ou mais forte que seja nosso amor, o que é tudo isso se comparado ao Universo?

Talvez seja impossível compreender o universo, é como um mistério além de nossas capacidades.

Apesar de nossa pequenez, conseguimos imaginar realidades fantásticas, que transcendem a realidade. Graças a isso conseguimos criar e inovar e é isso que nos faz humanos e nos diferencia dos outros seres vivos.

É interessante também perceber que existe uma certa ordem no Universo, tudo está em harmonia: existe uma organização entre os átomos que permite a existência das coisas. As células do nosso corpo se ajudam de uma forma que possibilita nossa vida. Os astros celestes flutuam no universo harmonicamente.

Existe uma cooperação em tudo, e cooperação é um ato de amor.

Universo...

Mistério...

Infinito...

Amor...

Acho que dei uma definição de Deus.

.
.
.

(Escrito em 15/08/2005)

Gostou do texto? Então você vai gostar também do incrível documentário Viagem Cósmica. O texto não foi inspirado no vídeo, mas tem tudo a ver. Clique aqui para saber mais.

Envie este texto por e-mail

 

HOME | QUEM SOU | TEXTOS | FOTOS | SALA DE AULA VIRTUAL | LOJA VIRTUAL | MULTIMÍDIA | WORKSHOPS | CADASTRO | INDIQUE ESTE SITE | ADICIONE AOS FAVORITOS | FALE COMIGO | MAPA DO SITE

©2009 Fabricio Moraes Cunha. Todos os direitos reservados.
A reprodução parcial é permitida, desde que citada a fonte.

 

Voltar para a página anterior Ir para o topo da página